Miss Luanda 2017 Manuela Simão vai promover acções de prevenção contra à Malária

A realização de palestras e campanhas de sensibilização para prevenir os luandenses da Malária vão dominar o mandato da jovem Manuela Simão, eleita na madrugada deste domingo miss Luanda 2017.

Após o anúncio da sua eleição como detentora da coroa da beleza feminina Luandense, para um período de um ano, a rapariga precisou que vai trabalhar em tal perspectiva por ser a primeira causa de morte na capital do país.

O corpo de jurado, presidido pela nutricionista Paulina Semedo, também elegeu a primeira e segunda damas de honor, Indira Cândido e Rossana Chiwale, respectivamente.

A gala que teve como “pano de fundo” Miss Luanda 20 anos, no intuito de homenagear todas jovens já eleitas misses, coroou igualmente Carla Talaia como miss Fotogenia e Alice Henriques como miss Simpatia.

As jovens Fernanda Diogo, Nádia Octávio e Laura Soares foram eleitas miss académica (como incentivo ao estudo), solidariedade e boa vontade, respectivamente.

A organização homenageou igualmente alguns organismos pelos feitos relevantes na sociedade, com destaque para a Fundação Lwini que tem apoiado pessoas portadores de deficiência.

Os músicos Konde Martins, Cristo, Cef e Filho do Zua encarregaram-se pela animação dos presentes, cantando músicas que retratam a mulher.

pub

App Super Fashion

App Super Fashion
 
App Super FashionApp Super Fashion

Instagram Super Fashionn